Licenciamento Eletrônico de Veículos

>>vídeo compartilhado: youtube.com
O DETRAN implantou em caráter definitivo através da Portaria-DETRAN número 502 de 1 de abril de 1999 o S.L.E., que tem por objetivo a otimização dos serviços realizados pelo Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo, propiciando aos proprietários de veículos maior comodidade no trato de seus interesses particulares.
 

Procedimento:

    • Dirigir-se a um dos bancos autorizados para efetuar o recolhimento da taxa de licenciamento.
  • Apresentar cópia do CRLV - Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo.
  • É necessário que o atual endereço residencial seja idêntico ao constante no cadastro do DETRAN.
  • O veículo poderá possuir no máximo e conjuntamente 15 (quinze) multas inseridas no sistema pelo DETRAN, DER, DERSA, POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL e CETESB.
  • O veículo não poderá apresentar restrições judiciais ou administrativas (bloqueios judiciais, registro de furto, roubo, etc).
  • O veículo deverá estar emplacado com placas de 3 letras.
  • O proprietário deverá utilizar-se do S.L.E. com no mínimo 15 (quinze) dias úteis antes da data de vencimento do seu licenciamento, para aguardar em tempo hábil a entrega do correio.
  • Recolher no próprio banco a taxa referente ao licenciamento, o seguro obrigatório, e as despesas de postagem e eventuais encargos pendentes (multas, IPVA).

Obs.: Caso o proprietário não concorde com estes requisitos, ou com algum débito lançado pelo sistema, o mesmo deverá procurar o DETRAN ou a CIRETRAN da Cidade, pois tal serviço não está restrito só à Capital, estendendo-se também para o interior de São Paulo.

Veículo automotor, reboque e semi-reboque (exceto caminhão)
Final de placa Mês de licenciamento
1 abril
2 até maio
3 até junho
4 até julho
5 e 6 até agosto
7 até setembro
8 até outubro
9 até novembro
0 até dezembro